sábado, 11 de março de 2017

Acusado de assalto é preso com menor, arma de fogo e material para uso e venda de droga

O elemento de 18 anos Jackson Brendon da Silva Paiva foi preso no fim da manhã deste sábado (11/03) após ser investigado e identificado por homens do serviço de inteligência da Polícia Militar. Ele é acusado e foi reconhecido por vítimas, por assalto a uma loja de açaí e furto de celular. Com ele a polícia encontrou material para uso e venda de droga.
Após identificação do mesmo uma viatura composta pelo Cabo Silveira e Soldado Marcio; foram até a rua São Jorge no Bairro Boa Esperança em Parnaíba e deram voz de prisão ao elemento que se encontrava em companhia de uma garota menor de idade.

Com os mesmos foram apreendidos um revólver 32” com 6 munições prontas para serem usadas, uma balança de precisão usada para pesar drogas como crack, além de um celular Samsung reconhecido como produto de furto e uma caixa de som amplificada. Todos os objetos estão em poder da Polícia Civil; agora responsável pelo caso.
Por: Denílson Freitas/Blog do Pessoa

No posto Pinheirão PM e PRF prendem arma de fogo, paredão de som e pessoas envolvidas em crimes

Operação conjunta entre agentes da PRF (Polícia Rodoviária Federal) e Polícia Militar e suas equipes, resultou na apreensão de arma de fogo, paredão de som e dois elementos, durante a madrugada deste sábado (11) no Posto Pinheirão na Avenida Pinheiro Machado (BR 343) em Parnaíba (PI). 
Foram presos Ivan Nascimento Sousa e o elemento Rondinilton da Conceição de Brito, mas conhecido no mundo do crime como “Manin”.
A informação é que a polícia vem observando a ação de elementos no posto Pinheirão sob suspeita de uso de drogas e outros crimes. Um grande grupo de pessoas, envolvendo mulheres e jovens foram detidos para averiguação.

A abordagem policial teve êxito e foi encontrado um revolver 38 com seis munições intactas. A arma de fogo em poder de elementos ligados ao tráfico de drogas no Conjunto Broder Ville em Parnaíba. Os acusados foram levados para a Central de Flagrantes onde responderam pelos crimes.

Edição: Blog do Pessoa

Governo erra e consumidor paga mais caro na conta de luz

Consumidor pagou R$ 1,8 bi a mais nas contas de luz em 2016 por erro de cálculo.
Resultado de imagem para conta de luz
Um erro cometido nos cálculos da conta de luz resultou na cobrança de R$ 1,8 bilhão a mais dos consumidores no ano passado. As tarifas incluíram, de forma indevida, o pagamento pela energia da usina nuclear de Angra 3, que não está pronta e cujas obras estão paralisadas devido a denúncias de corrupção.
A falha foi percebida após uma ação popular de autoria do presidente do Conselho de Administração do Instituto de Defesa da Cidadania de Formosa (GO), Geraldo Lobo, que entrou na Justiça para questionar a cobrança.
Ainda não houve decisão judicial, mas, independentemente disso, a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) decidiu retirar a cobrança das contas de luz neste ano. A medida vai contribuir com um impacto de queda de 1,2 ponto porcentual nas tarifas.
"O valor estimado foi repassado aos processos tarifários das distribuidoras em 2016, mas os consumidores não sofrerão nenhum prejuízo, pois serão ressarcidos em 2017 com a devida remuneração (Selic) a cada reajuste ou revisão. Para 2017, a previsão do ERR referente a Angra 3 foi retirada dos processos tarifários", diz nota oficial da Aneel.
O caso é resultado de uma trapalhada da Aneel e da Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE). Em dezembro de 2015, a Aneel foi questionada pela CCEE a respeito de Angra 3. A CCEE é a responsável por fazer a estimativa de custos da conta responsável por recolher recursos do Encargo de Energia de Reserva (EER). Cabe à Aneel aprovar esse orçamento.
É por meio desse encargo, cobrado na conta de luz, que Angra 3 seria remunerada quando entrasse em operação. Pelo contrato de concessão, a usina deveria estar pronta e começar a gerar energia a partir de janeiro de 2016. Mas o Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) não conta com a usina até 2021. Por isso, a Aneel decidiu autorizar a CCEE a não pagar Angra 3.
Ainda assim, a cobrança foi feita e repassada a consumidores de todo o País, na data de reajuste tarifário de cada distribuidora. O dinheiro ficou no caixa das distribuidoras de energia e não foi repassado nem à CCEE, nem à Angra 3.
Para a Aneel, a CCEE deveria ter retificado o orçamento do encargo, apresentado em outubro de 2015, dois meses antes do questionamento, e enviado um novo levantamento de custos ao órgão regulador, excluindo o gasto com Angra 3. Como isso não foi feito, a Aneel incluiu o custo nos reajustes.
Já a CCEE considera que o questionamento feito à agência era suficiente para que a cobrança não fosse realizada, tanto que não cobrou os repasses das distribuidoras. A entidade negou ainda ter enviado dados incorretos à Aneel. "A CCEE não tem qualquer participação nos processos tarifários das distribuidoras, sendo estes de inteira responsabilidade da Aneel", diz a nota.
De acordo com a Aneel, todos os valores recolhidos a mais serão devolvidos aos consumidores, na forma de reajustes mais baixos. Isso foi feito no primeiro reajuste tarifário autorizado neste ano, da distribuidora Energisa Borborema, em 31 de janeiro, que resultou na devolução de R$ 7 milhões aos consumidores. Isso será repassado para as outras concessionárias na data do reajuste. Para os clientes da Eletropaulo, por exemplo, será em julho.
Projeto do governo militar, Angra 3 teve as obras paralisadas em 1986. O empreendimento foi retomado em 2009 pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e deveria ficar pronto em 2014, mas sofreu novos adiamentos.
Em 2015, as obras foram novamente paradas, devido a problemas financeiros da Eletronuclear, subsidiária da Eletrobras, e denúncias de corrupção descobertas no âmbito da Operação Pripyat, um dos braços da Lava Jato. Vice-almirante da Marinha, o ex-presidente da Eletronuclear Othon Luiz Pinheiro da Silva foi condenado e preso por envolvimento no esquema.
Fonte: Estadão

Wellington Dias (PT), precisa enxergar o caos que se encontra a saúde em Parnaíba

A informação que chega em nossa redação é que o hospital estadual Dirceu Arcoverde em Parnaíba (PI); está completamente lotado. A capacidade do hospital não suporta mais tantas pessoas, corredores lotados, faltam leitos, e o pior, o atendimento não chega de forma eficaz para os pacientes do Piauí e estados vizinhos que sobrecarregam o único hospital de Parnaíba.
Além da unidade de saúde está um verdadeiro caos, os salários continuam atrasados a vários meses pela gestão do governador Wellington Dias (PT). Pessoas que precisaram ser atendidas ou acompanhando familiares, disseram que faltam alguns medicamentos e outros utilitários para procedimentos simples.

O pronto socorro é a área mais afetada segundo as denúncias. Faltam quartos, leitos e até macas; o que prejudica também o trabalho do SAMU. Parnaíba é a segunda maior cidade do estado do Piauí e o governo do estado parece não enxergar a situação em que a população vive com apenas um hospital desse modelo e tamanho para atender praticamente toda a região norte do Piauí e cidades de outros estados.
Edição: Blog do Pessoa com imagens das redes sociais

sexta-feira, 10 de março de 2017

Homem acusa guardas de mercado por agressão, mas SAMU não constatou necessidade de atendimento

Na noite desta quinta-feira (09) um homem chegou a ficar desacordado, de acordo com populares, após supostamente ser agredido por guardas que fazem a vigilância do mercado público municipal da Caramuru. 

O fato ocorreu após um desentendimento entre um homem que segundo um dos guardas, usava uma pedra e ameaçava não deixar o mercado que a noite é vigiado para evitar roubos.

O SAMU foi até o local e constatou que não havia necessidade de atendimento. Os guardas alegam que muitos vivem no mercado procurando realizar furtos, inclusive em lojas privadas. A Polícia Militar também foi acionada e cuidou do caso.
Edição: Blog do Pessoa

Obra do Matadouro Público de Parnaíba é retomada e deverá ser concluída em dois meses


Após mais de 10 anos de entrave, com inúmeras promessas não cumpridas pelo ex-prefeito Florentino Neto e constantes cobranças do Ministério Público contra a gestão passada, as obras do Matadouro Público de Parnaíba finalmente foram retomadas e agora será de fato concluída pela administração Mão Santa. Operários contratados pela empresa HM Construções e Serviços, trabalham a todo vapor e a previsão é que o Matadouro seja entregue para a população dentro de dois meses. Já o trabalho de terraplenagem será executado pela empresa G da Silva.


Já foram concluídas as lagoas de estabilização que irão interligar toda a parte que sai do esgotamento do bebedouro, atendendo dessa forma as exigências da vigilância ambiental. A etapa de acabamento dos galpões como casa de sal, caldeira e graxaria já tiveram início com a implantação dos azulejos nas paredes. O próximo passo será fazer a energização, bem como a ligação do abatedouro com a caldeira. Paralelamente, equipes focam na sinalização dos seis currais do Matadouro.


O engenheiro da obra Juscelindo Artival, explica que atualmente trabalham 11 pessoas na obra e na próxima semana serão iniciados os trabalhos externos, quando a equipe de funcionários dobrará de quantidade. Para otimizar os trabalhos, uma pequena metalúrgica foi montada em um dos galpões para construção das peças de alumínio e ferro, facilitando dessa forma uma boa etapa do processo.



“Uma boa parte dos equipamentos já foi adquirida, agora estamos licitando novos bens e assim que a compra for aprovada já vamos instalá-los. Temos três lagoas de estabilização e a obra do Matadouro Público de Parnaíba segue todos os critérios do Plano de Controle Ambiental. O prefeito Mão Santa tem pressa em entregar o Matadouro para os parnaibanos, pois essa obra já deveria ter sido concluída há muito tempo”, disse o engenheiro.


O Matadouro terá capacidade para abater diariamente cerca de 60 cabeças de gado, fora caprinos, ovinos e suínos. A entrega do Matadouro é uma necessidade latente da população, pois assim poderá ser garantida a oferta de carnes devidamente inspecionadas e com todo o controle de qualidade. Além de toda a região norte do Piauí, o local também poderá atender parte do município de Araioses, MA.


O Matadouro de Parnaíba é uma obra solicitada para a região através de uma emenda do orçamento do então deputado federal Antônio José de Moraes Sousa, com recursos do Governo Federal e contrapartida da Prefeitura de Parnaíba.
Ascom/PMP

Homem é preso por furto em Luis Correia

Deu entrada na tarde desta quarta-feira(08), na delegacia de polícia de Luis Correia, o nacional apelidado de DIM, que foi preso acusado do furto de um DVD automotivo, ora recuperado por uma guarnição da Ciptur composta pelo sargento Carlos Souza e o cabo João Silva. 

DIM já tem passagem pelo sistema prisional do litoral e responderá por mais este crime. 

Ainda na tarde de ontem, a Ciptur prendeu um sujeito conhecido como 'Marginal', acusado do crime de violência doméstica por danos materiais. 
Por: Junior Catita

Secretaria Municipal de Educação realiza 8ª convocação de aprovados em teste seletivo

Resultado de imagem para secretaria de educacao parnaiba

Confira a lista:

Os aprovados devem comparecer até as 17h desta sexta-feira (10) na sede da Secretaria Municipal de Educação, localizada na Praça Miguel Furtado Bacelar, nº 45, – Esplanada da Estação, Centro, Parnaíba – PI.

Os aprovados deverão apresentar os seguintes documentos:

– Declaração de acumulação lícita de cargos ou empregos públicos;
– Declaração de bens e valores patrimoniais;
– Declaração de idoneidade;

Apresentar cópia autenticada dos seguintes documentos:

– Certidão de nascimento ou de casamento quando for o caso;
– Título de eleitor, com votação atualizada;
– Certificado de Reservista ou Dispensa de Incorporação (sexo masculino);
 – Cédula de identidade;
– CPF;
– Comprovante de escolaridade/Especialidade exigida nos termos do edital;
– Comprovante de inscrição do INSS (PIS ou PASEP);
– Comprovante de residência atualizado;
– 02 fotos 3 x 4 recentes;
– Dados bancários (nº de conta corrente Banco do Brasil e nº de agência).

A Seduc informa que o NÃO comparecimento até a data indicada (10 de março), a falta de comprovação de qualquer dos requisitos para investidura no cargo, ou a prática de falsidade ideológica em prova documental acarretará no cancelamento da inscrição do candidato e sua eliminação do respectivo processo seletivo, além da anulação de todos os atos com respeito a ele.

Confira o nome dos convocados:

211   000322 MARIA LUCIENI SOUSA DA COSTA
212   000440 CLAUDIA MARIA ROCHA GARCIA
213   000020 LORENA MIRANDA CARVALHO E SILVA
214   000149 ALZENIRA NASCIMENTO FONTELES
215   000148 CARLA SILVA SOUSA
216   000084 CLAUDETE GONZALEZ SAMPAIO COELLO MAGALHAES
217   000195 KARLAS ADRIANA DE SOUSA
218   000171 FRANCIANE DOS SANTOS SOUSA
219   000288 ANA PAULA DO NASCIMENTO
220   000510 ERISMEUDA SOUSA PEREIRA
221   000256 ANTONIO DE PÁDUA DIAS GASPAR
222   000391 MARIA NAIANE SILVA DE SOUSA
223   000062 DAVI DO NASCIMENTO OLIVEIRA ALVES
224   000132 POLLYANNA SABINO CARDOSO
225   000540 ISABEL CRISTINA DO NASCIMENTO AMORIM.
Ascom/PMP

quinta-feira, 9 de março de 2017

Acusado de roubar celular é capturado e leva corretivo de populares em Parnaíba

Na tarde desta quinta-feira (09), populares revoltados com tanta violência detiveram um indivíduo acusado de ter roubado um celular de uma jovem que passava pela Avenida Pinheiro Machado no Bairro Rodoviária, solidários com a vítima em recuperar o aparelho roubado capturaram o ladrão evitando que o mesmo empreendesse fuga.
O acusado foi amarrado pelos populares e alguns mais exaltados chegaram a agredir o indivíduo até a chegada dos policiais que o conduziram a Central de Flagrantes. Ainda de acordo com informações, o acusado teriam informado que morava no bairro São Vicente de Paula. 
Imagens | WhatsApp/Parnaibapontocom

Concurso com 116 vagas do IFPI é suspenso temporariamente

O Diário Oficial da União publicou edital suspendendo temporariamente o concurso público do Instituto Federal do Piauí (IFPI) para o provimento de 116 vagas para cargos de professor e técnicos administrativos da instituição.
IFPI (Foto: Gil Oliveira/G1)IFPI (Foto: Gil Oliveira/G1)

Segundo a publicação, realizada no dia 6 de março, a suspensão vai vigorar até decisão judicial quanto à aplicação da Lei nº 12.990, de 09 de junho de 2014, que trata da reserva de vagas, nos concursos públicos da Administração Federal, para autodeclarados negros ou pardos.

De acordo com a Comissão de Seleção de Pessoal (CSEP), a decisão foi tomada em virtude de processo que tramita na Justiça Federal – Seção Judiciária do Piauí - questionando os critérios de reserva de vagas para autodeclarados negros e pardos.

“Diante das divergências de entendimentos quanto à aplicação da Lei n° 12.990/2014, o IFPI decidiu pela suspensão temporária dos concursos até a decisão judicial quanto ao tema, para salvaguardar o direito dos candidatos já classificados no concurso de técnicos-administrativos, bem como à continuidade das etapas do concurso de professor”, diz a nota divulgada pela Comissão.

Os editais para os cargos de professor e técnico administrativos foram publicados no mês de outubro de 2016. No dia 13 de janeiro foi divulgado o resultado preliminar do concurso.

O certame seleciona professores de administração, agronomia, agropecuária e zootecnia, biologia, contabilidade, desenho (básico, técnico e projetos arquitetônicos), direito, edificações, eletromecânica, eletrotécnica, filosofia, física, gestão ambiental, informática, licenciatura/disciplinas pedagógicas, matemática, mecânica, mineração, música, produção alimentícia, química e secretariado.

'Não sabemos se voltamos com vida ou no caixão', diz presidente da Abecs

Agnaldo Oliveira falou sobre desvalorização dos policiais militares (Foto: Catarina Costa / G1 PI)Agnaldo Oliveira falou sobre desvalorização dos policiais militares (Foto: Catarina Costa / G1 PI)
A morte do cabo Valdir Mendonça, quando tentava impedir um assalto na Zona Leste de Teresina, deixou a classe policial revoltada. Segundo o presidente da Associação dos Cabos e Soldados do Piauí (Abecs), Agnaldo Oliveira, o fato demostra cada vez mais um problema que há dois anos vem sendo debatido pelos policiais. Nos últimos dois anos 17 policiais já morreram em serviço, seja ele público ou particular.
“Nós estamos revoltados, não temos apoio do governo. Temos consciência que esse é o nosso dever, nosso trabalho e não nos negamos a fazê-lo, mas precisamos avançar nas negociações com o governador. Precisamos de um bom salário, para que 85% dos nossos policiais não tenham a necessidade de fazer bico para completar a renda familiar”, disse o presidente.
O secretário de administração Franzé Silva afirmou que o governador Wellington Dias já conversou com as categorias ligadas a segurança pública e que este assumiu o compromisso de analisar o comportamento da receita e apresentar uma proposta dentro da realidade financeira do estado.
Secretário de Administração, Francisco José, o Franzé, fala sobre nova gestão (Foto: Gilcilene Araújo/G1)De acordo com Franzé Silva o governo assumiu o
compromisso de analise de proposta para reajuste
salarial da classe policial (Foto: Gilcilene Araújo/G1)
“Não queremos assumir compromisso com as categorias e depois não poder cumprir. Precisamos trabalhar com os pés no chão para não desequilibrar o fluxo de caixa do estado. Se não tivemos certeza de que os aumentos podem ser pagos sem atraso, levaremos o estado a cometer a ilegalidade de descumprir a Lei de Responsabilidade Fiscal”, falou o secretário.
Agnaldo Oliveira se questiona ainda sobre a postura por parte do governador, que teve um policial militar morto enquanto trabalhava na segurança da sua família.
“Depois da morte do cabo Francisco das Chagas Nunes, acreditávamos que ele iria nos valorizar. Os bandidos estão superando o aparato policial. Saímos para a rua e não temos horários de retornar, nem sabemos se voltaremos com vida ou em um caixão de madeira. Essa é nossa realidade, a segurança no Piauí está chegando à zero”, falou.
Agnaldo Oliveira destacou que última reposição salarial para os policiais militares foi de 6,29%, que equivale a R$198, bem menos dos 18% de reajuste salarial que a classe almeja. O presidente da associação denuncia ainda que a tropa efetiva é muito antiga.
“Nossa tropa é muito antiga, os mais velhos estão saindo e não estão colocando novos policiais. O governo prometeu 400, que não dá para nada e quem nem sabemos quando vão chegar. Precisamos de bons salários, melhores condições de trabalho, novos aparatos para o nosso trabalho. Precisamos de mudança, se não podem dar o que pedimos que ao menos dêem isonomia com a Polícia Civil”, finalizou.
G1/PI

Parnahyba perde para o River e tem classificação ameaçada

Em rodada dupla na noite chuvosa desta quarta-feira (08) no Lindolfo Monteiro o Parnahyba perdeu pelo placar de 2 a 0 para o River em partida válida pela 6ª rodada da Taça Estado do Piauí.
Fernando Tonet orienta o time que parecia desconcentrado. Fabiano só ouve. Foto: G1
A partida começou debaixo de chuva e campo escorregadio com as duas equipes não dando espaços, mas aos 24 minutos Têty, em velocidade, apareceu na área, dribla, mas é derrubado e o juiz marca penalidade máxima que Viola cobrou aos 26 minutos com maestria no canto direito do goleiro Alex, abrindo o marcador para o River no Lindolfo.

O Parnahyba sente o gol e os jogadores do Galo crescem pra cima do Azulino e aos 36 minutos, Têty tocou para Viola, que bateu com classe no canto direito de Alex. Era o segundo do River.

Com o Tubarão desconcentrado o Galo domina o jogo e logo depois do segundo gol, Renan derruba o pequenino Têty, o dono do jogo no primeiro tempo, e Leonardo Marques marca pênalti contra o Tubarão. Aos 40 minutos Viola correu relaxado e bateu no canto, mas a bola acerta o pé da trave, perdendo o que seria o terceiro da partida e o terceiro dele no jogo.
O goleador Viola comemora o primeiro gol do Galo aos 26 do primeiro tempo. Foto G1
O segundo tempo foi todo do River dominando o meio de campo e colocando o Tubarão na roda. Totalmente domado o Parnahyba só chegava nas bolas alçadas na área que eram facilmente cortadas pelos zagueiros do Galo. Foi uma jornada infeliz.

O Parnahyba entrou em campo com três atacantes e com um meio de campo que não soube fazer a ligação entre a defesa e ataque e tudo isso para jogar contra o perigoso ataque do River, foi um suicídio. O time sentiu a falta de Da Silva que fazia o meio de campo do Tubarão mais competitivo.

O resultado deixa o Parnahyba na quinta colocação com 7 pontos fora da zona de classificação, pois o 4 de julho sobe para a quarta posição com os mesmos 7 pontos, mas com melhor saldo de gols marcados. Já o River com o triunfo entra no G-4 assumindo a terceira colocação. O Parnahyba agora tem que vencer o classificado Flamengo na próxima rodada e ainda fazer uma diferença de gols em cima da Raposa, ou contar com um tropeço do 4 de Julho.
River: 1- Leandro, 2-Rossales, 3-Oscar Brizuela, 4-Gustavo Eugênio, 6-Wesley, 5-Amarildo, 8-Humberto, 7-Tety, 10-Juninho Paraíba (Cleber Lucas), 11- Rodrigo Tiuí (Matheus), 9- Viola. Técnico: Eduardo Hungaro.

Parnahyba: 1- Alex, 3-Gilmar, 4-Renan, 2- Thiago Granja, 6- Siderval Puxinha), 8- Gasolina (Alan Rosário), 5- Ramon, 10-Dunga, 7-Fabiano, 11- Yerien (Dênis), 9-Jânio. Técnico: Fernando Tonet.

A partida foi comandada pelo árbitro Leonardo Marques Fortes. Os assistentes foram Alisson Lina Damasceno e Arnaldo Araújo Santos, todos do Piauí.

Um pouco antes, na partida preliminar, o Flamengo tirou a invencibilidade do Altos no Campeonato Piauiense. O Rubro-Negro derrotou por 1 a 0 o Jacaré. O placar consagrou o estilo de jogo da Raposa: forte na defesa, objetivo e mortal no ataque. A vitória veio com Thiaguinho, lateral que era do Altos na temporada passada. O time de Ruy Scarpino colocou bola na trave, perdeu gols com Manoel e acumulou o terceiro jogo sem vitória sob o comando do novo treinador. O Flamengo vai a 10 pontos e assume a liderança da competição e de sobra se classifica para as semifinais. Altos para nos 10 pontos, mas também está classificado.

Por José Wilson | Jornal da Parnaíba

quarta-feira, 8 de março de 2017

Datafolha: Mais de 500 mulheres são vítimas de agressão física a cada hora no País

Uma pesquisa do Datafolha divulgada nesta quarta (8), Dia Internacional da Mulher, aponta que, no ano passado, 503 mulheres foram vítimas de agressão física a cada hora no país, representando 4,4 milhões de brasileiras (9% do total das maiores de 16 anos). Se forem contabilizadas as agressões verbais, o índice de mulheres que se dizem vítimas de algum tipo de agressão em 2016 sobe para 29%.
A pesquisa mostra que 9% das entrevistadas dizem ter levado chutes, empurrões ou batidas; 10% afirmam ter sofrido ameaças de apanhar. Além disso, 22% relatam ter recebido insultos e xingamentos ou terem sido alvo de humilhações (12 milhões) e 10% (5 milhões) ter sofrido ameaça de violência física. Há ainda casos mais graves, como ameaças com facas ou armas de fogo (4%), lesão por algum objetivo atirado (4%) e espancamento ou tentativa de estrangulamento (3%).
De acordo com as entrevistadas, 61% dos agressores são conhecidos pelas vitimas. A pesquisa aponta que 19% é o próprio cônjuge, companheiro ou namorado e outras 16%, é o ex. Parentes como irmãos (9%), amigos (8%), pai ou mãe (8%), vizinhos (4%) e colegas de trabalho (3%) também são citados. A maior parte das agressões ocorre em casa (43%). A rua (39%), o trabalho (5%) e a balada (5%) aparecem em seguida.
Segundo o Datafolha, 52% das mulheres não fazem nada após a agressão. Entre as que tomaram alguma atitude, 11% denunciaram o agressor em uma Delegacia da Mulher e 10%, em uma delegacia comum. A pesquisa mostra que 3% ligaram para a PM e 1% para o Ligue 180 (Central de Atendimento à Mulher). E 13% procuraram a família e 12%, amigos.
Conforme o estudo, há diferenças significativas no índice de vitimização entre as variáveis idade, instrução, renda familiar mensal, classe econômica, cor e natureza do município. “O índice é mais alto entre as mais jovens (70%) que entre as mais velhas (10%), entre as mais instruídas (52%) que entre as menos instruídas (21%), entre as mais ricas (52%) que entre as mais pobres (37%), entre as que pertencem às classes A/B (49%) que entre as que pertencem às classes D/E (34%), entre as que se auto intitularam como pretas (47%) que entre as brancas (35%) e entre as moradoras de regiões metropolitanas (48%) que entre as moradoras do interior (35%)”, informa o estudo.
O levantamento teve apoio do governo do Canadá e do Instituto Avon e foi feita entre os dias 9 e 11 de fevereiro deste ano em 130 municípios. Foram ouvidas 2.073 pessoas. A margem de erro é de 2 pontos percentuais, para mais ou para menos, para a amostra nacional, e de 3 pontos para a amostra de mulheres participantes do módulo de autopreenchimento. O estudo foi encomendado pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública.
Com informação G1

Em Parnaíba Bradesco segue infringindo leis e prejudicando clientes; inclusive idosos

Mulher desabafa após passar por dificuldades para ser atendida no agência do Bradesco em Parnaíba (PI). O Atendimento começa no meio da rua no sol quente e uma "tenda árabe" foi montada para amenizar o descaso. O Procon já autuou o Bradesco por irregularidades; mas o banco segue com o descaso. 
A financeira já tem uma agência maior para ser inaugurada na Av. Pinheiro Machado Bairro Reis Veloso em Parnaíba. Segundo informações a abertura estava prevista para janeiro de 2017; mas até agora isso não aconteceu. Não tivemos acesso aos responsáveis na cidade.
Tempo de espera é desobedecido e ultrapassa muito o tempo limite.

Segue a manifestação enviada a nossa redação via Whats App:

"Gostaria de registrar minha indignação com a falta de compromisso deste banco para com seus clientes, se não pode atender que transfira os clientes para um banco aonde o consumidor tenha no mínimo pessoa sentadas, idosos aguardando numa fila para receber a senha para entrar ainda para ser atendido. Já liguei para o Procon o número 33222362 infelizmente ninguém atendeu aonde fica nossos direitos ,falta de respeito total. Isso é um absurdo que as autoridades tome as providências se o banco não tem como atender então é melhor fechar as portas". Disse a leitora do Blog do Pessoa.
Edição: Blog do Pessoa

Gil Borges é oficializado como novo secretário da Fazenda

 
Gil Borges foi nomeado em definitivo como secretário da Fazenda pelo prefeito Mão Santa. A cerimônia que oficializou Borges à frente da pasta, ocorreu na manhã desta segunda-feira (06) no auditório da Prefeitura de Parnaíba. Até então, ele ocupava o cargo de forma interina, em substituição à Paulo Airton, que se afastou da função em meados de fevereiro deste ano, após sofrer um princípio de infarto.
 

Com o incidente, Mão Santa pediu que Airton se afastasse para descansar e cuidar da saúde, uma vez que devido ao caos instalado na Prefeitura pela gestão passada, ele estava trabalhando até 16 horas por dia, conforme informou o superintendente de Comunicação, Bernardo Silva.
 

Preocupada com sua saúde, a família de Airton se manifestou a favor de que ele não retornasse ao cargo, a fim de evitar possíveis complicações futuras. Antes de ir para a Secretaria da Fazenda, Gil Borges ocupou a direção da Gestão Municipal, que agora passe a ser gerida interinamente por Anísio Neves.
 
Fonte: Ascom/PMP

FANTASMA APARECE EM FOTO TIRADA POR ALUNO DA FACULDADE MAURÍCIO DE NASSAU-PI

Aluno disse ter sentido presença espiritual em um dos corredores, apos ouvir gritos de choro ele correu ate a sacada e tiro a foto de um vulto que estava seguindo.

Parece ser uma criança com um urso na mão que chorava chamando "Raimundinha'' afirma aluno.
SE É BRINCADEIRA OU NÃO, O FANTASMINHA É ESQUISITO...
Com informações: Soumaisparnaiba.com

terça-feira, 7 de março de 2017

Prefeito Mão Santa prestigia entrega de título parnaibano ao pastor Damião Costa Filho

Aconteceu na noite deste sábado (04) a solenidade de entrega do Título de Cidadania Parnaibana ao pastor Damião Costa Filho. O prefeito Mão Santa, juntamente com a dona Adalgisa estiveram no evento.
 

O presidente da Câmara dos Vereadores, Geraldo Alencar (Geraldinho), abriu a sessão em caráter especial, já que a solenidade não aconteceu no Plenário da Câmara, e deu início à programação, com alguns oradores. 
 

A entrega do Título de Cidadania Parnaibana ao pastor da Igreja de Deus Missionária, Damião Costa Filho, foi uma proposição do vereador André Neves. O parlamentar subiu no altar da igreja, justificando o título ao pastor. Segundo Neves, o pastor Costa Filho tem relevantes trabalhos prestados à Parnaíba tanto na área religiosa como na filantrópica.
 

O prefeito Mão Santa, foi chamado para entregar a honraria ao homenageado, mas antes fez seu discurso. Mão Santa relembrou a história da religião e citou passagens bíblicas, além de elogiar a garra do pastor por construir um templo com uma estrutura tão bela como aquela. Em seguida entregou a horaria ao pastor Costa Filho.

 
Em sua fala, o homenageado agradeceu a presença de todos e disse que toda a honra e toda a glória são do Senhor Jesus Cristo. O pastor agradeceu o vereador André Neves pelo feito e as demais autoridades. Depois continuou o seu discurso.

A solenidade também contou com a presença dos vereadores, Antônio Diniz e Irmão Marquinhos. 

O presidente Geraldo Alencar encerrou a cerimônia. Na mesma noite o pastor laçou um livro de sua autoria.

A solenidade aconteceu na sede da Igreja de Deus Missionária na Avenida Francisca Borges dos Santos, no bairro Frei Higino.

Fonte: Ascom/PMP

Retomada do crescimento será principal recado do Brasil na reunião do G20

A retomada do crescimento econômico será o principal recado do Brasil na reunião dos ministros de Finanças e presidentes dos Bancos Centrais do G20 (grupo das 20 maiores economias do planeta), que ocorrerá na próxima semana na Alemanha. O encontro será realizado entre os dias 15 e 18 em Baden-Baden, cidade do sul do país europeu.
Resultado de imagem para reunião do g20
O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, e o presidente do Banco Central, Ilan Goldfajn, participarão apenas dos dois últimos dias de reunião. Nos dias 15 e 16, Meirelles irá a um encontro Instituto de Finanças Internacionais em Frankfurt, também na Alemanha.
De acordo com representantes do governo ouvidos pela Agência Brasil, os sinais de que a recessão acabou e de que a inflação está convergindo para o centro da meta (4,5% em 2017) são inequívocos. A única dúvida persiste na velocidade da recuperação, que dependerá da aprovação de reformas, como a da Previdência e a do trabalho.
Meirelles também apresentará, na reunião do G20, as medidas para reduzir a burocracia e melhorar o ambiente de negócios que estão em fase de implementação ao longo deste ano.
O encontro dos ministros de Finanças servirá de preparação para a reunião dos chefes de governo do G20, que ocorrerá em setembro em Hamburgo, no norte da Alemanha, e terá a presença do presidente Michel Temer. Paralelamente à reunião do G20, haverá um encontro entre ministros de Finanças dos países do Brics (Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul).
Entre os temas a serem discutidos nos seminários durante o encontro do G20, estão o incremento da cooperação internacional, medidas de estímulo ao crescimento da economia global e planos de estímulo ao desenvolvimento da África. Haverá ainda debates sobre o papel do Fundo Monetário Internacional (FMI) e dos bancos internacionais de desemvolvimento, a regulação do sistema financeiro e os subsídios aos combustíveis fósseis.
Edição: Nádia Franco

Governo não apresenta medidas para recuperar estradas em má condições para escoar produção no Piauí

Novo secretário não adiantou que medidas serão desenvolvidas para que as estradas estejam prontas para a colheita. Estradas já passaram por dificuldades neste ano.


Castro Neto e José Santana foram empossados nesta segunda-feira (Foto: Carlos Rocha)Castro Neto e José Santana foram empossados nesta segunda-feira (Foto: Carlos Rocha)
O novo diretor geral do Departamento de Estradas e Rodagem do Piauí (DER-PI), José de Castro Neto, garantiu estradas em condições para o escoamento da produção de soja dos cerrados piauienses. Castro Neto foi empossado nesta segunda feira (6) pelo governador Wellington Dias (PT) e tem pouco tempo para garantir a promessa, já que a colheita começa em abril.
Os produtores projetam colher neste ano 50 sacas por hectare, uma média superior à nacional. Contudo, repetidamente os agricultores relatam dificuldades para poder escoar a produção. "A qualidade das estradas está intimamente ligada ao escoamento da produção. Vamos trabalhar com todo o afinco para ter estradas em condições", disse o diretor citando a Transcerrados, principal via de escoamento da produção agrícola no sul do Piauí.Imagem relacionada
Castro Neto não adiantou que medidas serão desenvolvidas para que as estradas estejam prontas para a colheita. "Vamos ter estradas em boas condições para que as pessoas possam fazer comércio e escoar a nossa produção", falou o diretor. A colheita de soja deve superar os 2,5 bilhões de toneladas na previsão da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) com o aumento da área plantada para 820 mil hectares.
Sobre as condições das estradas o diretor disse que ainda vai conversar com técnicos do órgão. "Eu vou assumir o DER hoje para conversar com os servidores e fazer o melhor pelas estradas do nosso Estado", finalizou. Em fevereiro a PI-392 passou por dificuldades levando ao tombamento de uma carga de grãos em Currais. 
G1/Piauí