sábado, 3 de dezembro de 2016

PI: Incêndio consome vegetação em área de 2 municípios da região norte

Há mais de uma semana o Corpo de Bombeiros tenta controlar um incêndio que já atinge áreas florestais dos municípios de Buriti dos Lopes e Caxingó, norte do Estado do Piauí.
Segundo o portal Tribuna do Norte, o fogo começou a se espalhar ainda na sexta-feira, dia 25 de novembro. A estimativa é de que uma área de 15 hectares já tenha sido consumida pelas chamas.
Em muitas localidades o incêndio atingiu áreas de cultivo, e causou a morte de animais. O local mais afetado fica às margens da PI-305, altura do povoado Morada Nova, do município de Caxingó. Ainda não há previsão de controle do incêndio.
- Fotos: Tribuna do Norte2112016fee4c27f-5b27-4783-b564-6510358e11df.jpg
fogo1.jpg
fogo2.jpg
Fonte: 180 Graus

Mulher teria passado mal ao colidir em calçada quando dirigia

No começo da tarde deste sábado (03/12) uma mulher perdeu controle do carro em que dirigia e bateu na calçada de uma residência na Rua Itaúna no Bairro Piauí próximo ao “Piscinão”.
A mulher que não teve o nome revelado perdeu o controle do carro por motivos desconhecidos mas disse no local que não se sentia bem e estava de resguardo pós porto. O SAMU foi encaminhado ao local e atendeu a vítima encaminhada ao hospital.

Pessoas ligadas a ela foram ao local para ajudar; uma mulher acompanhou a vítima enquanto um homem ficou responsável pelo carro Siena que foi retirado do local.
Edição: Blog do Pessoa

Depre plantará uma árvore para cada quilo de droga apreendida no Piauí

Na próxima semana, policiais da Delegacia Especializada de Prevenção ao Entorpecentes (Depre), mais uma vez, estarão em campo. Desta vez, a atuação das equipes não está relacionada a prisão de suspeitos, mas a preservação ambiental.
Ao todo, serão plantadas 300 mudas de árvores de várias espécies. O número de plantas corresponde a apreensão de drogas ilícitas no Piauí, em 2016. 
"A Depre durante este ano apreendeu trezentos quilos de drogas ilícitas. Para cada quilo de droga será plantada uma muda de árvore. A droga ilícita significa destruição e morte", explica o coordenador da Depre, delegado Menandro Pedro. 
O plantio de mudas acontece às 7h, da quarta-feira (07), na sede da Associação Atlética Banco do Brasil (AABB), na avenida João XXIII.
Além de equipes da Depre, participarão da ação ambiental policiais de outras unidades e instituições como a Polícia Militar, Polícia Rodoviária Federal, Polícia Federal e  representantes da Justiça e de instituições que trabalham na reinserção de viciados.

Graciane Sousa
gracianesousa@cidadeverde.com

Michel Temer chega ao aeroporto de Chapecó

O Presidente Michel Temer já está em Chapecó para participar da homenagem às vítimas do acidente de avião que levava a equipe da Chapecoense para Medellín, na madrugada de segunda para terça. Temer aguarda a chegada dos corpos ao aeroporto local, onde será realizada uma cerimônia e entrega de medalhas da Ordem do Mérito Desportivo aos familiares dos mortos.
Ronaldo Nogueira, Ministro do Trabalho, Leonardo Picciani, Ministro do Esporte, Walter Feldman, secretário geral da CBF, e Nivaldo Luiz Rossato, Comandante da Aeronáutica, também estão no aeroporto Serafin Enoss Bertas para a cerimônia. 
Os dois aviões C-130 Hércules da Força Área Brasileira, que estão com os corpos das vítimas, devem chegar ao aeroporto de Chapecó por volta das 9h30 (de Brasília). O Presidente Michel Temer confirmou participação no velório que será realizado na Arena Condá.

Fonte: SporTV

sexta-feira, 2 de dezembro de 2016

Motociclista vai grave ao hospital após ser colhido por carro em avenida

Um homem sofreu acidente de moto quando um carro colidiu contra ele na Av. São Sebastião próximo ao antigo ferroviário. Segundo populares o homem de 34 anos que pilotava uma moto “bros” perdeu o controle da mesma e invadiu o canteiro central da avenida por volta das 18h30min.
O SAMU chegou rápido ao local e atendeu a vítima que teve escoriações pelo corpo e foi levada ao hospital para atendimento mais preciso. Ele andava de capacete o que pode ter evitado algo pior; conforme testemunhas do acidente.


A Guarda Municipal de Trânsito esteve no local mas não permaneceu para controlar o trânsito movimentado da avenida. O carro não parou para prestar socorro conforme manda a lei e se trata de um veículo cor branco mas que não teve nem placa e modelo registrados.

Edição: Blog do Pessoa

Membro da equipe de transição do município é agredido no Mercado da 40


Agressor
Uma guarnição da policia militar comandada pelo sargento Luis Pereira, foi acionada por volta das 11 da manhã desta sexta-feira(02), para atender uma ocorrência de agressão física no mercado da 40, onde é vítima, um membro da equipe de transição da próxima gestão do município. 

A vítima, ora identificada como Pires Júnior, fazia seu trabalho quando foi surpreendido com xingamentos pelo nacional Paulo Sérgio Fernandes de Sousa. 

Na sequencia, o agressor partiu para cima da vítima, atingindo-lhe com um choque, provocado por uma lanterna tática que libera carga elétrica, chegando atingir o supercílio, o qual ficou lesionado. 

Naquele momento, a vítima reagiu aplicando-lhe um soco, chegando a derrubar o agressor, que este, sacou uma faca e partiu novamente para cima da vítima, e esta, deixou o mercado temendo o pior.

A policia chegou e conseguiu localizar o agressor próximo a sorveteria do Pirata. O caso foi encaminhado para central de flagrantes.
 . 
 Faca usada pelo conduzido para fazer ameaçar 
 No comissariado da central, o acusado se identificou como coveiro de cemitério.
 Exaltado, o coveiro foi trancado no xadrez
 A vítima teve o supercílio lesionado com a descarga elétrica e prestou queixa ao delegado na cia de um advogado da equipe de transição. 
 Faca e lanterna apreendida pela policia
'Lanterna de choque é perigosa e pode causar tragédia. Pode ser considerada criminosa a partir do momento em que há lesão corporal envolvida na utilização'. 

Um Termo Circunstanciado de Ocorrência foi lavrado no cartório criminal da central de flagrantes em torno do caso. 

Vidente previu acidente da Chapecoense em março; assista!


Carlinhos garantiu que um acidente aéreo mataria integrantes de um time de futebol
O acidente envolvendo o avião que transportava a delegação da Chapecoense para Medellín, na Colômbia, na madrugada desta terça-feira (29), foi previsto em março deste ano. De acordo com o vidente Carlinhos, haveria uma tragédia aérea que tiraria a vida dos atletas de um clube de futebol.
A revelação foi feita durante o programa de Olga Bongiovanni, em 29 de março, quando o paranormal assegurou: "Um time de futebol inteiro vai morrer em um avião".
O clube de Santa Catarina embarcou para a cidade colombiana para enfrentar o Atlético Nacional pelo primeiro jogo da final da Copa Sul-Americana. Contudo, a aeronave da LaMia caiu antes de chegar ao seu destino final.
O avião, que decolou de Santa Cruz de la Sierra, na Bolívia, rumo a Medellín, levava 81 pessoas a bordo: 72 passageiros e 9 tripulantes.
Até o momento, as autoridades da Colômbia afirmam que há 75 mortos e seis sobreviventes. Dentre eles, três atletas da Chapecoense - Alan Ruschel, Neto e Follmann -, um jornalista - Rafael Henzel - e dois tripulantes - Erwin Tumiri e Ximena Suarez.
Assista ao vídeo em que Carlinhos previu o acidente:

1ª Corrida do Marinheiro será dia 11 Dezembro


Vagas limitadas! 
Inscrições até 04 DEZ (domingo). 


Para maiores esclarecimentos, ligar para: 
(86) 3321-2872 
(86) 3321-2770 ou pelo site: www.cppi.mar.mil.br 

Capitania dos Portos do Piauí. 

quinta-feira, 1 de dezembro de 2016

Denúncia do leitor: Vans da linha Luis Correia x Parnaíba não estariam aceitando vale transporte

Os meus colegas da faculdade que necessitam pegar as vans de Luís Correia para ir do mirante até a faculdade não estão conseguindo pagar com vale transporte porque as vans dizem que não aceitam.               


Mas o governador baixou uma lei que obriga os intermunicipais receberem o vale estudantil. Queria pedir aos orgãos de fiscalização que fossem até os estas empresas para constatar o fato ou iremos reunir provas em videos.


Edição: Blog do Pessoa

Agentes prisionais decidiram pela greve em todo o estado, após assembléia

Sem o cumprimento de acordos feitos pelo Governo do Estado e o Sindicato dos Agentes Penitenciários do Piauí (Sinpoljuspi), foi decidido nesta terça-feira (29/11) a deflagração da greve dos Agentes Penitenciários por tempo indeterminado.
A data fixada para o início da greve é a partir do dia 13 de dezembro. Até lá, uma nova audiência no Tribunal de Justiça deve acontecer para que as partes entrem em acordo e para que a greve não aconteça.
As reivindicações são com relação às promoções para 275 agentes que foram acordadas ainda no ano de 2015 e que seriam pagas no mês de janeiro de 2016. E também ao pagamento de gratificação para agentes que exercem função comissionada nas unidades prisionais do Piauí.

Parnahyba estreia contra o Comercial em Campo Maior

A Federação de Futebol do Piauí divulgou na tarde desta quarta-feira a tabela do Campeonato Piauiense de 2017. A primeira rodada foi antecipada do dia 4 para o dia 1º de fevereiro, com River-PI, Flamengo-PI e Parnahyba estreando fora de casa e Piauí e Altos fazendo a abertura no Lindolfo Monteiro.
A primeira partida do estadual será realizada em Campo Maior, entre Comercial-PI e Parnahyba no estádio Deusdeth de Melo, às 15h45. Os outros três jogos da rodada serão realizados às 20 horas. Em Picos, os donos da casa recebem os atuais campeões do River-PI. O Flamengo-PI vai a Piripiri enfrentar o 4 de Julho e Piauí em Altos fazem o jogo da capital no Lindolfo Monteiro.
De acordo com a tabela, os jogos com mando de campo do Parnahyba, serão realizados no Estádio Municipal Pedro Alelaf, entretanto o estádio está sem condições de receber partidas oficiais. A FFP deverá se manifestar sobre uma possível mudança.
Segundo documento emitido pela FFP, a antecipação foi feita levando em conta a adequação aos calendários da CBF, que determinou que a Copa do Nordeste e Copa do Brasil começassem um pouco mais cedo. River-PI e Altos são os representantes piauienses nestas competições.
Estádio Deusdeth de Melo em Campo Maior será palco do primeiro jogo do piauiensde de 2017
Uma outra novidade foi a criação do cargo de ouvidor, que será ocupado pelo Coronel Jaime de Oliveira, 2º vice-presidente da FFP e que atua constantemente como delegado das partidas do Campeonato Piauiense. Cel. Jaime estará todas as tardes na sede da federação para dialogar com torcedores que tenham reclamações/sugestões a fazer.
As semifinais do primeiro turno serão realizadas no dia 19/03, e a final uma semana depois, no dia 26. No segundo turno as datas serão nos dias 7 e 10/05, respectivamente. Em caso de um campeão diferente em cada turno do torneio, os dois jogos da grande decisão serão realizados nos dias 17 e 21/05.
Fonte: Globo Esporte

Homem atira com espingarda em apartamento e é preso

A Polícia Militar prendeu Allan Rocha de Souza, 29 anos, mais conhecido “Dentinho”, por volta das 22h de quarta-feira (30/11), na Rua Centenário, Bairro Piauí, em Parnaíba, depois de efetuar um disparo de arma de fogo no apartamento de sua irmã, cujo projétil atingiu um espelho.
Allan Rocha de Souza
espelho baleado
Policiais militares, sob comando do subtenente Aroldo Oliveira, foram até o local e prendeu “Dentinho”, que inclusive tem antecedentes criminais por tráfico de drogas. Com o acusado foi apreendida uma espingarda calibre 28 e uma munição deflagrada. Allan Souza foi conduzido para a Central de Flagrantes.
Allan Souza na Central
espingarda
projétil espingarda e o cartucho Por Daniel Santos

Star Circus em Parnaíba o Circo do Rapadura do SBT

Star Circus é o circo do Rapadura da Praça é Nossa do SBT com mais de 30 atrações vai estrear em Parnaíba nesta sexta (02/12) às 20:30 horas armado na Avenida São Sebastião há poucos metros do Parnaíba Shopping e traz a grande atração Rapadura da Praça e Nossa do SBT.


Assista o Rapadura no vídeo convite:




Edição: Blog do Pessoa com informações e imagens do Star Circus

quarta-feira, 30 de novembro de 2016

Pacote anticorrupção passa na Câmara sem anistia para caixa dois

Foi para o lixo boa parte das propostas que tiveram o apoio de brasileiros. Deputados federais criaram uma punição para juízes e procuradores.
Os deputados entraram pela madrugada votando as medidas contra a corrupção e simplesmente desfiguraram  o projeto. Boa parte das propostas, que tiveram o apoio de milhões de brasileiros, foi para o lixo.
A tal da anistia para caixa dois realmente não teve, mas os deputados parece foram para a desforra, fizeram um monte de modificações, criaram punição para juízes, para procuradores, entre outras mudanças. No entender de alguns, foi uma vingança dos deputados investigados pela Lava Jato. Ficou pouca coisa da proposta original.
Ninguém apresentou emenda de anistia a crimes relacionados a caixa dois. O governo acertou que não era para proposta aparecer. Dito e feito.
Primeiro, os deputados votaram o pacote aprovado na comissão, só que sem as mudanças sugeridas pelos partidos. As medidas contra corrupção passaram com esse placar: 450 votos a favor, três abstenções e só um voto contra, do deputado José Geraldo, do PTx, mas essa votação não valeu nada.
Passava da meia-noite quando os deputados começaram a mudar tudo e de cara criaram punição para juízes, promotores e procuradores, que foram enquadrados no crime de abuso de autoridade. O relator ainda tentou, disse que era uma emenda do mal, mas deputados reagiram contra ele.
A ideia do relator era deixar esse assunto para uma futura discussão. Para o Ministério Público, a punição para promotores, procuradores e juízes nesse momento é uma vingança de deputados investigados. A emenda que foi acompanhada pela maioria dos partidos é de autoridade do PDTx.
“A lei tem que chegar para todos e os que fazem mal-uso da sua profissão, seja ele do Judiciário, seja ele do Ministério Público, precisa, sim, responder pelos seus atos”, disse o deputado Weverton Rocha (PDT-MA), líder do partido.
“Vai dificultar, sem nenhuma dúvida, a Lava Jato e as investigações no Brasil”, afirmou o deputado Onyx Lorenzoni (DEMx-RS), relator do projeto.
A emenda acabou sendo aprovada por 313 votos "sim", 132 "não" e cinco abstenções. O texto diz que é crime de abuso de autoridade, entre outras coisas, juizes, procuradores e promotores agirem por motivação político-partidária, promoverem instauração de procedimento civil ou administrativo contra alguém sem indícios de culpa, divulgarem a opinião sobre processo em julgamento.
O texto ainda prevê que qualquer pessoa pode fazer a denúncia contra juízes, promotores e procuradores, e que o inocentado pode receber indenização por danos morais. A pena para magistrados e membros do Ministério Público é de seis meses a dois anos de prisão e multa
Foi entrando a madrugada e as mudanças continuaram. Os deputados derrubaram o crime de enriquecimento ilícito para servidores públicos. Caiu também a figura do reportante do bem, denunciante de caso de corrupção que poderia ser recompensado com parte do dinheiro desviado.
Ficou de fora também o acordo penal, a possibilidade de confissão de crimes menos graves em troca de redução de pena. Também saiu do texto o trecho que tratava do acordo de leniência, e que obrigava o Ministério Público a participar desses acordos, que são como delações premiadas para as empresas.
O sono chegou, mas a votação ainda não tinha acabado. Alguns deputados cochilaram nas cadeiras de fora do plenário. A sessão só foi encerrada às 4h20. Da proposta original, foram mantidas a criminalização de caixa dois de campanha, com penalização inclusive para partidos, e a corrupção como crime hediondo quando o valor desviado for de mais de 10 mil salários mínimos, o equivalente hoje a R$ 8,8 milhões.
A desfiguração do projeto foi justificada por deputados. “Primeiro, não foi explicado para os deputados da forma como deveria. Depois, foram introduzidos textos inconstitucionais, textos que são verdadeiras aberrações políticas”, disse o deputado Pauderney Avelino (DEM-AM), líder do partido.
E criticada por uma minoria. “O projeto sofreu uma série de mudanças que retirou partes importantes do projeto e também mudanças que representaram a inclusão de temas que poderiam até ser debatidos, mas não nesse contexto e dessa forma, que acabou passando uma imagem de retaliação”, afirmou o deputado Alessandro Molonx (Rede-RJ), líder do partido.
O projeto agora segue para votação no Senado. O procurador Deltan Dallagnol, da força-tarefa da Lava Jato, chamou de "lei da intimidação" a forma como o texto foi aprovado e destacou que, "estará nas mãos do investigado processar o investigador”
Veja phb com informações do G1

Polícia Militar apreende moto roubada em Ilha Grande de Santa Isabel

Na noite desta terça feira (29/11) policiais militares do 2º Batalhão Major Osmar em Parnaíba (PI), receberam uma denúncia de uma moto vermelha que estaria praticando assaltos no Alto do Batista por volta das 19 horas. 
Viaturas faziam rondas pela cidade quando na Ilha de Santa Isabel uma equipe de polícia encontrou a citada moto em frente à residência de um homem identificado por “Geu” que é conhecido da polícia por práticas criminosas. A moto é uma Titan/CG 150" placa PIC 6600 roubada e na Central de Flagrantes a vítima reconheceu seu veículo.


Algumas pessoas foram assaltadas pelos elementos que utilizavam a moto; mas ninguém foi preso; mas a polícia tem pistas dos crimes e a qualquer momento pode efetuar a prisão dos meliantes que praticam roubos de motos e assaltos a mão armada em Parnaíba e região.
Edição: Blog do Pessoa

Moto com maconha é refugada e abandonada por traficante, em Luís Correia

A Companhia Independente de Policiamento Turístico (CIPTUR) aprendeu uma moto Yamaha/T115 Crypton, modelo 2014, de cor preta, placa LWC 5544 Luís Correia (PI) por volta das 23h de quinta-feira (24/11) próximo ao Terminal Rodoviário do município de Luís Correia.
A Ciptur recebeu denúncias de que um homem estava comercializando drogas próxima a Praça Núbia Sueli, centro da cidade, e uma guarnição seguiu para o local. Quando o homem suspeito avistou a Polícia Militar, fugiu imediatamente e levou a chave da moto. Os policiais levaram o veículo para sede da Companhia e ninguém requereu a moto.
moto revistada
Por volta das 11h desta terça-feira (20/11) o comandante da CIPTUR, o major Antônio Pacífico, recomendou que fosse feito uma vistoria na motocicleta. Após levantar o assento foram encontradas vinte embalagens de maconha e uma porção maior da mesma substância. Diante disso, os policiais compreenderam porque a moto estava sendo refugada. O caso foi levado para a Delegacia de Luís Correia.
maconha apreendidamaconha no saco moto
Por Daniel Santos

Polícia Militar prende “tarado do banheiro” na UFPI

Um homem acusado de ser o “Tarado do Banheiro” foi preso às 19h40 de terça-feira (29/11), na Universidade Federal do Piauí, campus Parnaíba, depois de abusar de uma estudante que estava dentro do banheiro feminino da Instituição de Ensino Superior.
Gustavo
Gustavo da Silva Soares, 29 anos, natural do município de Ourém estado do Pará, foi preso por uma guarnição comandada pelo tenente Vagno Aguiar, oficial do Comando de Policiamento da Área (CPA) e levado para a Central de Flagrantes. Segundo o tenente Vagno, foi denunciado que Gustavo teria agarrado a força uma estudante dentro do banheiro feminino. Inclusive, o acusado já estava famoso; pois as denúncias já circulavam nas redes sociais fazendo referência a perseguições e assédio no banheiro feminino.
Gustavo da Silva SoaresGustavo Soares
Por Daniel Santos

terça-feira, 29 de novembro de 2016

Diretor de hospital confirma morte de Danilo e atualiza sobre sobreviventes

Depois de informações desencontraras sobre o goleiro Danilo, o diretor da clínica San Juan de Dios de la Sierra, Guillermo Molina, confirmou que o jogador da Chapecoense não resistiu aos ferimentos e é uma das vítimas fatais do acidente aéreo envolvendo a delegação da Chape na madrugada desta terça-feira. O atleta chegou a ser regatado com vida, mas foi levado a óbito. Molina recebeu a informação do Hospital San Vicente, para onde Danilo foi levado.
- Dos seis sobreviventes da tragédia, nossa clínica recebeu três pacientes. A clínica Sommer recebeu uma auxiliar de voo, que está bem, de nome Jimena. O Hospital San Vicente, de Rio Negro, recebeu Jackson e Danilo. Segundo informações do hospital, Danilo faleceu. Jackson, entendi que lhe tiveram que amputar um membro inferior – disse, em entrevista ao Seleção SporTV.
Guillermo Molina também confirmou que o goleiro reserva da Chape, Jackson Follmann, e outros quatro sobreviventes seguem internados. São eles o zagueiro Neto, o lateral Alan Ruschel, o jornalista Rafael Henzel e a comissária de bordo Jimena Suárez.
- Entre as 2h30 e 3h30 da manhã, chegaram vivos Rafael Henzel, que é um jornalista local de Chapecó, e o jogador Alan Ruschel. Os dois chegaram não com consciência total, mas não muito mal no geral. Henzel entrou com um problema respiratório severo, com fraturas múltiplas de costelas, lesão no corpo, em pele. Ele se estabilizou, passou por cirurgia e se encontra na unidade intensiva se recuperando no pós-operatório - disse, complementando:
- Neto chegou às 6h45 da manhã em um estado muito severo, com compromisso céfalo-craniano, de tórax e abdominal, com fraturas abertas de membros inferiores. O paciente foi entubado, recebeu respirador, passou pelo processo de equilíbrio hemodinâmico, raio-x. Neste momento se encontra em cirurgias com todos os procedimentos para garantir sua vida.
Ainda segundo Molina, o lateral Ruschel sofreu uma lesão na décima vértebra da coluna. O jogador corre risco de perder o movimento dos membros inferiores.
Lance.com

Foragido da justiça é preso na zona rural de Parnaíba

Uma unidade da Força Tática de Parnaíba em conjunto com policiais do GE, localizaram na manhã desta segunda-feira(28), o foragido da justiça Adiel do Nascimento Silva, conhecido Boto.

Boto estava escondido no povoado Márcia Machado, na zona rural de Parnaíba, e foi capturado ocasionalmente pela policia. 

Havia pelo menos 03 mandados da justiça contra 'Adiel Boto' pelo crime de tráfico de drogas. Um expedido pela justiça de Tutóia-MA
Sargento Alexandre e o soldado Pereira da FT de Parnaíba. 

Os policiais faziam diligências para localização de moto roubada na zona rural de Parnaíba, quando efetuaram duas prisões: Uma por estupro de vulnerável e a outra por força de mandado da justiça. 

Veja a lista dos jogadores que estavam no voo da Chapecoense

acidente envolvendo o avião que transportava a delegação da Chapecoense para Medellín para a final da Copa Sul-Americana contra o Atlético Nacional transportava 81 pessoas, de acordo com informações das autoridades colombianas. Veja abaixo os nomes do elenco que estavam no voo, além do técnico Caio Júnior:

Danilo (GOL)
Gimenez (LAD)
Bruno Rangel (ATA)
Marcelo (ZAD)
Lucas Gomes (ATA)
Sergio Manoel (VOL)
Filipe Machado (ZAE)
Matheus Biteco (VOL)
Cleber Santana (MEC)
Alan Ruschel (LAE)
William Thiego (ZAE)
Tiaguinho (ATA)
Neto (ZAD)
Josimar (VOL)
Dener (LAE)
Gil (VOL)
Ananias (MEC)
Kempes (ATA)
Follmann (GOL)
Arthur Maia (MEC)
Mateus Caramelo (LAD)
Aílton Canela (ATA)
Caio Junior (TEC)

Info QUEDA AVIAO Chapecoense b (Foto: infoesporte)

'Temer precisa aprender com o que aconteceu com a antecessora', diz autora de impeachment de Dilma

Janaina Paschoal© Ag. Senado Janaina Paschoal
Para a professora de Direito Janaína Paschoal, coautora do pedido que culminou no impeachment de Dilma Rousseff, Michel Temer "demora muito para tomar decisões indigestas", como afastar ministros envolvidos em denúncias de corrupção, e "precisa aprender com o que aconteceu com a antecessora".
Segundo a jurista, o presidente "ainda se comporta como um homem de bastidor".
"O destino fez com que ele viesse para o front", afirmou à BBC Brasil. "Quando se está no front, tem que ser firme."
Nesta quinta-feira, o jurista Hélio Bicudo, que assina com Paschoal e Miguel Reale Jr. o pedido de impedimento de Dilma afirmou que Temer "não é de nada".
"A democracia já estava ferida com a saída da Dilma. Por que, então, manter o Michel Temer? Todos sabem que ele não é de nada. O Temer trouxe o pessoal do passado para o presente. É um equívoco manter a estabilidade democrática através da burocracia", afirmou, em entrevista ao jornal O Estado de S. Paulo.
A colega, entretanto, diz que é cedo para apoiar ou rejeitar o afastamento de Temer.
"Não me compete fazer a defesa do presidente. Mas este episódio está muito nebuloso", diz, afirmando que não leu o pedido de impeachment do peemedebista protocolado nesta segunda-feira por parlamentares do PSOL.
"Nesse tipo de situação pode haver algum subjetivismo. De repente, foi uma fala do presidente tentando conciliar e o ex-ministro se sentiu pressionado", avalia.
"O fato de o doutor Hélio, que eu respeito e muito, ter se manifestado nesse sentido, não significa que eu deva corroborar. Ele, como todo brasileiro, está apreensivo. Toda hora é uma denúncia, é uma situação. É muito deprimente."
A jurista completa: "Se vierem à tona elementos a demonstrar que houve crimes de responsabilidade, aí muda (minha opinião)."

Temer x Callero

Geddel Vieira Lima (esq.) e Marcelo Calero (dir.)© ABr Geddel Vieira Lima (esq.) e Marcelo Calero (dir.)
Janaína Paschoal se refere às denúncias do ex-ministro Marcelo Calero (Cultura) contra homens-fortes do governo Temer - incluindo o próprio presidente.
Calero deixou o cargo no dia 18 após, segundo ele, ter sofrido pressões indevidas para atuar no sentido de viabilizar a liberação da construção de um prédio de 30 andares em área histórica de Salvador.
O pedido partiu inicialmente do ex-ministro Geddel Vieira Lima (Secretaria de Governo), que possui um apartamento nesse empreendimento, comprado na planta. O Iphan, órgão ligado ao Ministério da Cultura, barrou a obra.
Calero contou que, em um primeiro contato com Temer, após um jantar dia 11, o presidente teria apoiado sua decisão de não interferir na questão.
No entanto, no dia seguinte o presidente teria o convocado com urgência ao Planalto e indicado que ele remetesse o caso para a Advocacia-Geral da União, que resolveria a questão.
"Em menos de 24 horas todo aquele respaldo que me havia garantido ele me retira e me determina que eu criasse uma manobra, um artifício, uma chicana como se diz no mundo jurídico, para que o caso fosse levado à AGU", acusou Calero.
Temer, Geddel e o ministro Eliseu Padilha (Casa Civil) negam ter pressionado o ex-titular da Cultura.

Anistia

Questionada pela reportagem, a professora da USP disse que ainda é cedo para dar uma nota ao governo Temer.
"A gente quer que dê certo. Se o país for para o buraco, todo mundo vai junto."
Mas afirma que o peemedebista precisa tomar atitudes duras com mais agilidade.
"Ele se comporta como um homem de bastidor, mas vai precisar tomar decisões indigestas para ele e para os outros", diz. "Ele está demorando muito para adotar essa postura. Mas menos que a Dilma. Ela passava a mão na cabeça."
Paschoal prossegue: "Quando Dilma fazia isso de passar a mão na cabeca, eu falei: 'a presidente está adotando uma postura perigosa'. Deu no que deu".
À reportagem, a jurista ressalta que foi a "primeira a pedir o afastamento de Geddel".
"Numa situação dessas, tem que afastar. Depois verifica e, se for o caso, até reintegra", disse, citando publicações feitas pelo Twitter na última semana.
Também critica a suposta mobilização do Legislativo para incluir a aprovação de uma anistia a crimes de caixa 2 junto à votação das medidas anticorrupção propostas pelo Ministério Público.
"A gente, na nossa humildade, alerta. O povo está cansado", diz. "Eu só espero que eles cumpram (a promessa de vetar a anistia). Isso é muito grave. As pessoas não têm dimensão do que seria aquela anistia. É muito mais que o caixa 2."
Rodrigo Maia, Renan Calheiros e Michel Temer© Beto Barata/PR Rodrigo Maia, Renan Calheiros e Michel Temer
Ela se refere a entrevista coletiva dada por Temer, Renan Calheiros (presidente do Senado) e Rodrigo Maia (presidente da Câmara) no último domingo, em Brasília.
Além de Paschoal, o juiz federal Sergio Moro, responsável pelas ações da operação Lava Jato em primeira instância, se manifestou publicamente contra a anistia aos crimes de caixa 2.
Na ocasião, o presidente voltou a negar que tenha interferido para arbitrar um conflito de natureza privada do ex-ministro Geddel, dono de um apartamento no empreendimento barrado pelo órgão de patrimônio em Salvador.
Temer também prometeu que não permitirá a aprovação da anistia ao caixa 2.
"Estamos aqui para revelar que, há uma unanimidade daqueles dos poderes Legislativo e Executivo", afirmou o presidente.
"Não há a menor condição de se patrocinar, de se levar adiante essa proposta", declarou Temer, que disse ser preciso "ouvir a voz das ruas" em relação à anistia.